Skip to content

Moussakká!

outubro 8, 2009

moussaka

Hello queridos e gulosos leitores: peço, antes de tudo, perdão pela longa ausência, mas, muito trabalho e pouca diversão fazem da Gabi uma bobona.

Estou deveras triste por ter me afastado de meu blog de delícias, mas voltei e voltei de forma triunfal e internacional: com uma receita turca que foi (entre tantas outras coisas) “roubada” e adaptada pelos gregos: a moussakká, mais conhecida por aqui como “lasanha de beringela”.

É um dos poucos pratos mais “pesadinhos” da famosa, gostosa e super-saudável culinária mediterrânea, mas, ainda assim, é uma ótima opção para quem quiser fugir das massas italianas…não que estas não sejam igualmente magistrais mas, enfim…é só mais uma opção : )

O nome estranho vem de uma expressão popular entre turcos e medo-orientais e remete à palavra “gelado” ou congelado, apesar do prato em si ser servido sempre quente.

No prato original a carne é de carneiro e o queijo usado se chama “kessári”, é de cabras. Eu já fiz com mussarela de búfala, mas confesso que ficou meio insosso. Na versão “gabrielística” uso o queijo Gruyère. Fica maravilhoso!

Devo confessar a vocês que não sou lá muito chegada em beringela. Minha avó fazia geniais carpacci deste legume, levemente dourados em azeite. Eu nem chegava perto. Eram ardidos demais, apesar do aroma ser sublime.

Ela então, tentou me enganar fazendo as famigeradas beringelas rechadas: a coisa melhorou um pouco, mas mesmo assim, comia sem apreciar tanto.

Um dia, minha bubbeh, angustiada com o meu veemente desprezo para com as beringelas (o que significava que eu não as comia e isso, para uma mãe/avó judia é praticamente a morte) comentou o fato com uma amiga vizinha, que por sinal, era grega (Dna Olimpya, linda, linda) e ela passou a famosa receita da moussaká. O que acabou se tornando o ÚNICO e exclusivo modo capaz de me fazer deglutir beringelas.

Adoro! Seu sabor picante fica bem leve, pois é quebrado pelas fatias de batata cozidas e pelo molho bechamel, equanto o sabor da carne é realçado pelo rico aroma da noz-moscada. O toque final fica por conta do queijo e é claro, do azeite.

Quebre pratos e seja feliz comendo moussakas :)

Moussakas

Ingredientes principais:

– 8  berinjelas médias cortadas em fatias e de molho em água
e sal por 1h
– Azeite o suficiente para untar a frigideira
-1 kg de batata (cortada em rodelas e cozidas em água e sal)

Para o refogado de carne moída:

– 1/4 de xícara (chá) de azeite
– 2 cebolas médias picadas
– 2 dentes de alho picados
– 850 g de carne moída (patinho moído duas vezes)
– 2 latas de molho de tomate pronto (680 g)
– 1/2 xícara (chá) de vinho tinto seco
– Sal e pimenta-síria a gosto

Para o creme bechamel:

– 1 xícara (chá) de manteiga
– 1 xícara (chá) de farinha de trigo
– 1 litro de leite quente
– 2 ovos batidos
– 2 tabletes de caldo de galinha esfarelados
– Sal a gosto
– Pimenta-do-reino a gosto
– 1 xícara (chá) de queijo gruyére ralado (pode ser o parmesão, mas cuidado com o sal!!)
-Noz-Moscada

Para a montagem da moussaka:

– fatias de berinjelas fritas
– carne moída cozida
– creme bechamel
– 50 g de queijo gruyére em tiras

Modo de Preparo:

Para a berinjela:

Seque, com um pano limpo, as fatias de berinjela.
Numa frigideira untada com azeite, frite as fatias de berinjelas
e coloque sobre papel absorvente. Reserve.

Para o refogado de carne moída:

Numa panela em fogo médio, aqueça o azeite, doure as cebolas e os
dentes de alho amassados.

Acrescente a carne moída e refogue por 10 min, mexendo sempre.
Adicione o molho de tomate pronto e o vinho tinto seco.
Cozinhe por 15 min.

Acerte o sal e a pimenta síria a gosto. Reserve.

Para o creme bechamel:

Numa panela em fogo baixo, derreta a manteiga.
Em seguida, coloque a farinha de trigo e mexa até dissolver.
Adicione o leite quente e mexa até virar uma pasta.

Coloque os ovos batidos e os tabletes de caldo de galinha
esfarelados.

Continue mexendo até ganhar mais consistência.

Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Adicione o queijo
ralado e desligue o fogo. Reserve.

Para a montagem da moussaka:

Num refratário (35 cm x 25 cm) untado com manteiga, coloque:

– metade das fatias de berinjelas fritas
– Metade da carne moída cozida
– a outra metade das fatias de berinjelas fritas
– batatas
– e a outra metade da carne moída cozida.

Cubra com o creme bechamel pronto e salpique queijo
ralado por cima.

Leve para gratinar em forno pré-aquecido a 180ºC por 25 min ou
até dourar.

OBS: Vc pode temperar a carne com CANELA também, se preferir, ao invés de pimenta síria.

Acompanhe com um bom VINHO TINTO SECO.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: